Consultoria de Aleitamento - Baby Planner & Co.

O aleitamento materno é responsável pelo afeto entre mãe e o bebê. Também proporciona nutrição, crescimento, desenvolvimento neuropsicomotor e benefícios à linguagem do seu bebê.

Quem já teve filhos ou acompanhou a irmã de perto, talvez a melhor amiga, sabe que as técnicas mudam, as formas de amamentar se aprimoram e cada gestação/bebê é completamente diferente do outro.

Então, para que os pais estejam devidamente confiantes, tranquilos e seguros para a chegada do seu bebê e prontos para proporcioná-lo o melhor, ofereço a consultoria de aleitamento, que se divide em dois momentos: pré e pós-parto.

O indicado é que a consultoria pré-parto ocorra entre o final do segundo trimestre e o início do terceiro, reduzindo a ansiedade e insegurança causados pelo desconhecimento ou por uma experiência passada. A consultoria pós-parto pode iniciar-se no dia do nascimento, com acompanhamento no parto hospitalar, caso o hospital escolhido permita, ou parto domiciliar, em conjunto com uma doula e equipe especializada, mas, em geral, é recomendado que ocorra do dia da alta até as primeiras semanas de vida do bebê. E, em alguns casos, até os primeiros meses.

O que as diferencia é que a consultoria de aleitamento pré-parto prepara e capacita e mãe para a amamentação, esclarecendo dúvidas, fazendo avaliação, orientando quanto a pega correta, formas de aleitamento tradicionais e especiais, tais como a relactação, translactação, etc., posições favoráveis para as mamadas, explicando sobre o funcionamento das mamas, formas de ordenha, estimulação da mama, armazenamento, quantidade e qualidade do leite, a importância do leite em si (também sobre o anterior e posterior), produtos necessários e dispensáveis e como usá-los, questões comuns e como identificá-las, bem como qualquer outra dúvida que possa surgir. Desta forma, é fornecido todo um embasamento sobre o assunto, com apoio contínuo, o que tranquiliza e deixa a mamãe segura para a chegada do seu bebê.

consultoria pós-parto auxilia na parte prática do aleitamento, analisando as condições, ouvindo a mamãe, solucionando questões como mastite, produção de leite alta, baixa ou insuficiente, fissuras ou feridas nas mamas, não ganho ou perda de peso do bebê, pega ou sucção inadequada, insegurança da mamãe, rejeição de uma ou duas mamas, entre outras questões. Assim, a mãe fica orientada, tranquilizando e equilibrando todos da família.

Com isso, todos estarão em total sintonia e a mamada estará completa com nutrição e afeto.

Apesar de a amamentação remeter diretamente à mãe e bebê, em alguns casos raros é necessário que entre uma terceira pessoa neste processo de nutrição e afeto. São diversos os motivos pelos quais um pai pode ter que amamentar seu filho ou outro membro da família. Por isso, oferecemos planos e atendimentos domiciliares personalizados as suas necessidades e individualidades da sua família.